Mais Longboard e fds

Neste fim de semana a Bel foi novamente para S�o Paulo. Ainda bem que a especializa��o dela est� acabando. Minha m�e, como de costume, foi l� para casa para ajudar a cuidar do Natan. Ele se comportou muito bem e parece n�o ter sentido falta da Bel.

O dia de s�bado foi muito bom, sem nuvens e com um enorme sol. O dia t�pico de inverno gostoso. No s�bado o Natan dormiu perto das tr�s da tarde e aproveitei para ir no parque S�o Louren�o para ver o pessoal do Longboard. Chegando l� encontrei um rapaz de cabelo escuro, encaracolado, que estava com seus dois filhos, um de seis anos e uma menininha de um e meio. Ele era um dos que eu tinha visto na outra semana no campeonato e chamava-se Davi. Al�m dele estava uma outra menina, que tamb�m anda de long, que eu lembro de ter visto na outra semana.

A menina falou que o pessoal iria se encontrar na Nazar�, que � uma rua no bairro Boa Vista. Resolvi ir junto e dei carona para o Davi e seus filhos e ela foi em outro carro. Chegando l� vi que era uma rua que eu j� havia passado a um temp�o atr�s, que parecia ser muito boa para andar de carve. A rua � de um asfalto bem lisinho e tem uma boa inclina��o para o carve no come�o, depois ela faz um S e fica bem mais inclinada; boa para o pessoal do speed.

Ficamos l� conversando e aprendi mais algumas coisas sobre os equipamentos. Falei com o Pedro, um dos fundadores da Associa��o de Skate Longboard de Curitiba, e peguei o seu telefone. Tamb�m soube que eles andam na rua ao lado do Alphaville; lugar que j� passei muito, quando andava direto de bicicleta. Outro lugar � na C�ndido Hartmann, perto do Museu do Autom�vel, a caminho de casa.

Foi chegando mais pessoas e at� uns caras com street luge. Quando j� era 17:30h resolvi ir embora, pois ainda tinha que comprar o presente do Ruben. Liguei para a m�e e o Natan ainda estava dormindo.

Passei no Shopping M�ller e comprei o livro O C�digo Da Vinci, que minha m�e havia recomendado.

De noite fomos at� o anivers�rio do Ruben e foi legal. Como o Natan havia dormido bastante, correu, pulou e fez a maior estripulia na festa. Parece que o pessoal gostou dele. Ficamos at� 11:30h e depois fomos para casa.

O Natan ainda est� todo el�trico e s� foi dormir depois da meia-noite.

No domingo ficamos em casa, estava chovendo e frio.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *