Fim de semana prolongado de frio l� fora e quente aqui dentro

E este fim de semana foi prolongado. Com o feriado de quinta e a folga na sexta tivemos quatro dias de descanso. Isso � muito bom; relaxa o corpo e renova o esp�rito.

A quinta e sexta-feira foi de chuva torrencial. N�o fizemos muita coisa al�m de ficar largados em casa e ir no shopping na sexta � noite. O Natan adorou o “Hot Zone”, um flipperama moderno para crian�as, mas que tamb�m tem m�quinas da minha �poca. Vi o G�laga e o Ms Pacman. Quase chorei de emo��o ao encontrar o Asteroids. Lembrei dos tempos que gastava muitas fichas em um boteco em S�o Miguel do Igua�u.

No s�bado fomos trocar o presente de dia dos namorados da Bel e tentar consertar a roda do carro do Natan. No final da tarde fui at� a rua Nilo Pe�anha e encontrei o Renan e outros caras do longboard. Tirei a medida do shape de um dos longs mas ele ficou muito curtinho. N�o vou poder usar o shape que havia feito. Agora tenho que retomar o contato com o Davi e pedir para ele fazer o shape para mim.

De noite minha m�e foi at� l� em casa pois no domingo ela iria ficar tomando conta do Natan. Eu e a Bel ir�amos para a praia surfar, junto com o Batata e a Keila.

No domingo pela manh� acordamos bem cedo, por volta das 06:30h e o frio estava de matar. Nos arrumamos e colocamos todas as coisas no carro, inclusive a prancha. O carro da Bel estava tomado por uma camada de gelo grossa e a grama tamb�m congelara. Liguei para o Batata para marcarmos o lugar de nos encontrar mas eles desmarcaram. A Keila havia pego uma gripe forte e n�o iriam mais para a praia. E agora, o que ir�amos fazer?
J� que hav�amos acordado, n�o faria mais sentido voltar para a cama. A m�e poderia continuar a cuidar do Natan e dever�amos aproveitar.

Sa�mos pelas 08:00h e fomos at� a feira do Largo da Ordem. O frio estava cortante e o rel�gio da rua marcava -1C. � engra�ado pegar a feirinha neste hor�rio, quase n�o tem gente e voc� pode ficar zanzando de um lado para outro sem ter que esbarrar em ningu�m. O problema era o frio e a nossa ca�a desenfreada pelo sol. A sombra era um lugar que evit�vamos ao m�ximo. Acabei comprando o livro Robot Visions, do Asimov. Al�m de diversos contos de rob�s, tem �timos artigos escritos sobre o tema.

Saindo da feirinha fomos at� o Teatro Gua�ra e vimos a Orquestra Sinf�nica do Paran�. A primeira parte foi bem interessante, com Villa Lobos. Na segunda parte teve um concerto de piano e orquestra que foi muito chato. Acabamos saindo na metade.

O resto do dia separamos para namorar e curtir bastante. Foi muuuuuuuuuuuuito bom.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *