Bike Trip Pelo Parque do Tamanduá

April 27, 2008 on 6:57 pm | In Bumerangue, Esportes, Pessoas | 13 Comments

Neste sábado fiz um passeio de mountain bike pela reserva do Tamanduá, situado em São Luiz do Purunã, a 42km de Curitiba. Fui com um amigo de longa data, o Marco, professor de circo e músico. Um cara legal que gosto muito. Foram junto também o seu irmão, Rodrigo e outro amigo, o Antonelo.

Já fazia um tempo que não fazia uma pedalada legal. A minha bicicleta estava parada desde novembro, quando fiz uma corrida de aventura. Mesmo suja e precisando de óleo ela não reclamou. A minha Trek 820 tem mais de 15 anos e está inteirinha, com quase tudo original. Apesar de ser antiga é boa de pedalar.

Continue reading Bike Trip Pelo Parque do Tamanduá…

Selvagem? Selvagem! A História de um Super Vagabundo

April 25, 2008 on 10:08 am | In Cinema, Energia | 10 Comments

A uns dois dias atrás vi o filme Na Natureza Selvagem (Into the Wild). Ele conta a história real de Christopher McCandless, um rapaz recém saído da faculdade que resolve ir para o Alaska viver de forma natural, sem o auxílio de nada; nem tecnologia, pessoas ou dinheiro. O ator principal é o mesmo que interpretou Jay Adams no clássico do skate Os Reis de Dogtown.

A trilha sonora é do Eddie Vedder. Maravilhosa! Ótima para viagens em dias de inverno com sol. :-)

E por falar nisso, pare agora mesmo de ler!! Coloque no fundo uma das músicas do filme, só para dar um clima: Long Nights, Society ou Guaranteed.

Colocou? Agora sim, muito melhor! :-)

Por trás da jornada de Alexander Supertramp (o nome que Christopher acaba adotando) repousa uma vontade extrema de viver a vida na natureza, sem as amarradas da sociedade, sem seus vícios e sua cultura destrutiva.

Na Natureza Selvagem

Continue reading Selvagem? Selvagem! A História de um Super Vagabundo…

Sociedade, esta Louca

April 23, 2008 on 10:50 am | In Cinema, Cool, Energia, Música | 6 Comments

Ganhei um CD de aniversário, e nele tinha esta música: Society, do filme Into the Wild. Música linda, e que nos faz pensar.

Veja a letra abaixo. Fiz uma tradução livre e rápida, só para ajudar quem não entender direito. Mas escute a música, você vai gostar… Quem recomenda sou eu, seu irmão mais velho. :-)

Society
Oh it’s a mystery to me.
We have a greed, with which we have agreed…
and you think you have to want more than you need…
until you have it all, you won’t be free.

Society, you’re a crazy breed.
I hope you’re not lonely, without me.

When you want more than you have, you think you need…
and when you think more then you want, your thoughts begin to bleed.
I think I need to find a bigger place…
cause when you have more than you think, you need more space.

Society, you’re a crazy breed.
I hope you’re not lonely, without me.
Society, crazy indeed…
I hope you’re not lonely, without me.

There’s those thinkin’ more or less, less is more,
but if less is more, how you keepin’ score?
It means for every point you make, your level drops.
Kinda like you’re startin’ from the top…
and you can’t do that.

Society, you’re a crazy breed.
I hope you’re not lonely, without me.
Society, crazy indeed…
I hope you’re not lonely, without me
Society, have mercy on me.
I hope you’re not angry, if I disagree.
Society, crazy indeed.
I hope you’re not lonely…
without me.

.
Sociedade
Ó, ela é um mistério para mim.
Nós temos uma ganância, com a qual temos que concordar
e você pensa que tem que querer mais do que precisa
até  ter tudo, não irá se libertar.

Sociedade, você é uma raça maluca.
Espero que não fique sozinha, sem mim.

Quando você quer mais do que tem, pensa que precisa…
e quando pensa mais do que quer, seus pensamentos começam a sangrar.
Eu penso que preciso achar um lugar maior…
porque quando você tem mais do que pensa, precisa de mais espaço.

Sociedade, você é uma raça maluca.
Espero que não fique sozinha, sem mim.
Sociedade, muito louca…

Espero que não fique sozinha, sem mim.

Existe aqueles que pensam que mais ou menos, menos é mais,
mais se menos é mais, como você marca os pontos?
Quer dizer que para cada ponto que faz, seu nível cai.
Como se estivesse començando do alto…
e você não pode fazer isso.

Sociedade, você é uma raça maluca.
Espero que não fique sozinha, sem mim.
Sociedade, muito louca…
Espero que não fique sozinha, sem mim.
Sociedade, me perdoe.
Espero que não esteja zangada, se eu discordar.
Sociedade, muito louca…
Espero que não fique sozinha…
sem mim.

Como Ter uma Vida Mais Saudável Comendo Vegetais

April 17, 2008 on 10:21 am | In Energia, Nutrição, Vegetarianismo | 3 Comments

Taí uma campanha que funciona. Vegetais são muito gostosos de se comer; é só pensar de uma maneira diferente. :-)

Agora, se você é daqueles que não gosta de vegetais, cuidado! Um dia eles irão te comer!!

Coma mais vegetais:

Comendo Vegetais

Ou um dia os vegetais irão comer você:

Vegetais Comendo

As Capas Originais das Primeiras Edições da Revista do Linux

April 11, 2008 on 10:46 am | In Conectiva, Pessoas, Tecnologia | 12 Comments

A Revista do Linux, editada pela Conectiva, foi a primeira revista especializada em Linux e Softwares de Código livre e aberto do Brasil; quem sabe até da América Latina. Ela teve o seu primeiro número publicado em dezembro de 1999 e encerrou suas atividades com o número 50, no ano de 2004.

Revista do Linux

Foi muito interessante criar uma revista do zero. Fizemos história na época. Mas a queda do mercado editorial forçou o seu cancelamento prematuro.

Os primeiros 19 números da revista foram ilustradas pelo Alex Lutkus, que por sinal também ilustrou o último livro do Aurélio. Além disso ele teve até ilustrações premiadas e usadas pela Nasa/ESA!

O Alex acabou se tornando um grande amigo. Atualmente trocamos emails diariamente e falamos sobre inúmeros temas, desde desenho, livros, astronomia, música, histórias em quadrinhos e tantas outras coisas mais. Até vou publicar aqui algumas das conversas que tivemos. Acho que você irá gostar! :-)

Numa destas conversas resolvemos resgatar as capas originais das primeiras edições da Revista do Linux. Capas limpas, sem títulos, chamadas ou qualquer outra coisa. Somente as ilustrações do Alex, em alta definição. Elas são ótimas para quem conheceu as capas na época, revendo-as agora mais puras.

Capas Originais Revista do Linux

Continue reading As Capas Originais das Primeiras Edições da Revista do Linux…

Como Meditar em Qualquer Lugar, Fazendo Qualquer Coisa

April 8, 2008 on 9:48 pm | In Cool, Entretenimento, Esportes, Música | 9 Comments

Em junho de 2003 comecei a praticar Yoga. Entrei para ver se conseguia melhorar uma dor no pescoço que tinha já a algum tempo. Depois de um ano saí sem acabar com a dor no pescoço. Na verdade eu tinha uma hérnia de disco, e o Yoga não conseguiria arrumar isso de jeito nenhum. :-)

Gostei muito do tempo que passei praticando Yoga. Seja na melhora do físico, com os ásanas, seja o que aprendi a respeito da meditação.

A meditação é quando você libera a sua mente dos pensamentos. Quando você consegue esvaziar a cabeça e não pensar em mais nada.

No Yoga aprendi que é possível meditar em praticamente qualquer lugar e fazendo qualquer coisa. Continue reading Como Meditar em Qualquer Lugar, Fazendo Qualquer Coisa…

Você Já Escolheu o Seu Coveiro Digital?

April 4, 2008 on 10:38 pm | In LifeHack, Produtividade, To Think | 11 Comments

- Você já escolheu o seu Coveiro Digital?
- Hã, Coveiro Digital?
- É, isso mesmo! O Coveiro é aquela pessoa que cuidará do seu legado digital quando você morrer!
- Ixi, mas quem disse que eu preciso disso?
- Hmm, olha só, vou te contar uma coisinha: todos morreremos um dia…

Coveiro e EsposaJá viu quantas toneladas de bytes você produziu nestas décadas de vida? São documentos, fotos, emails, receitas, leituras, planilhas e tantas outras coisas que provavelmente só se lembra de 10% delas.

Quantas aventuras você e seus dados digitais já passaram juntos?

Agora, imagine que tudo o que produziu pode ficar perdido para sempre se você morrer amanhã e ninguém se prontificar a cavar fundo no seu computador e descobrir o que mantinha guardado por lá a tanto tempo. Fotos e mais fotos, emails de uma vida inteira, tudo perdido! Agora aquela foto do seu filho não é mais uma foto, mas só um punhado de bytes num espaço esquecido do disco, que vai ser apagado quando seu sobrinho ranhento e babão herdar o seu computador. :-(

Pensando nisso descobri que tinha que fazer alguma coisa e foi aí que me surgiu o conceito do Coveiro Digital. Continue reading Você Já Escolheu o Seu Coveiro Digital?…

Conectiva Subindo aos Céus Pela Primeira Vez

April 2, 2008 on 10:12 pm | In Conectiva | 2 Comments

Antes mesmo da Conectiva fazer sucesso com a primeira versão nacional do Linux, ela já tinha subido aos céus pelas minhas próprias mãos. Por volta de 1996, quando comprei o meu primeiro parapente, achei que seria interessante fazer uma propaganda da empresa no meu equipamento.

Meses depois, com a  aprovação de meus outros sócios, eu enviei a vela para o Rio de Janeiro para a aplicação da logomarca da empresa. Continue reading Conectiva Subindo aos Céus Pela Primeira Vez…

Powered by WordPress with Pool theme design by Borja Fernandez.
Entries and comments feeds. Valid XHTML and CSS. ^Top^