Fugindo da Enchente em Santa Catarina

November 23, 2008 on 7:13 pm | In Natureza | 15 Comments

Este fim de semana fomos a Santa Catarina para a festa de aniversário da nossa afilhada Giovanna. Sexta à noite fomos até Brusque na casa da Rachel e vários lugares já estavam alagados. Com a chuva caindo a noite inteira não deu outra, a apreensão começou a aparecer.

Eu já havia pego em 1983 uma grande enchente em Santa Catarina. Estávamos eu e minha mãe, de barraca, em Balneário Camboriú. Os primeiros dias foram muito legais. Íamos para a praia de dia e à noite eu brincava com as outras crianças do camping. Joguei muitas partidas de War naquelas férias. Mas daí a chuva começou… e não parou mais. Acabamos ilhados no camping e conseguimos ir até a casa de uma amiga, depois que a água baixou um pouco. O desespero bateu quando a água quase entrou no banheiro do camping, onde estávamos, junto com as outras pessoas. Eu tinha 12 anos e chorei de medo.

Back to 2008 e eu agora casado e com um filho de 6 anos. Os tempos mudam mas a natureza continua a mesma.

No sábado de manhã, ainda em Brusque, eu via aquela chuva cair sem parar do lado de fora do shopping de malhas onde estávamos. Parecia até aqueles filmes americanos de catástrofes. Pessoas comprando roupas muito baratas em Brusque (e bota barato nisso!), e a chuva caindo lá fora. Todo mundo feliz e o perigo iminente caindo lá fora.

Eu só olhava aquilo e brincava com a Rachel, dizendo que tínhamos que ir logo para Camboriú senão não iríamos mais conseguir passar pela estrada. Brincava, mas nem tanto. Dali a pouco o sistema de som do shopping recomendou que os lojistas dispensassem os funcionários que moravam em bairros afastados, pois senão estes não conseguiriam mais chegar às suas casas. Os rostos alegres ficaram sérios e a brincadeira acabou.

Almoçamos e fomos até Camboriú, pegando mais chuva ainda. Várias barreiras já tinham caído, mas nenhuma havia tomado a pista. A noite foi a mesma coisa. Nós na pizzaria e a chuva caindo lá fora. De madrugada, mais água.

Acordei pelas 09:00h de domingo e a chuva continuava. Ligamos a TV e já havia notícia de 9 mortos por soterramento nas cidades da região. Tentei ligar para a polícia e a defesa civil para pegar informações da estrada, sem sucesso. Só recebi números ocupados como resposta.

Saímos mesmo assim e a visão é o que você vê nas fotos deste post. Ruas alagadas, casas com água até a metade e carros afundados no que parecia ser um lago enorme, em vários pontos da estrada.

Nos separamos da Rachel na entrada de Brusque e continuamos à caminho de Curitiba. Continuamos nosso contato com ela e a família pelo celular durante quase toda a viagem. Nada como um pouco de tecnologia para ajudar e facilitar a vida de todo mundo.

Quando achamos que estava tudo resolvido, apareceu um baita engarrafamento perto de Garuva. Ficamos perto de uma hora e meia andando muito devagar até descobrir que a estrada estava bloqueada por queda de barreira. Somente uma pista funcionava para a descida e subida da serra.

Depois da barreira tudo voltou ao normal. O trânsito fluiu e chegamos em casa em pouco mais de uma hora. O sol brilhou o final de semana inteiro em Curitiba enquanto tomávamos água na cabeça todos os dias em Santa Catarina.

Mesmo assim valeu a pena. Visitar os amigos é sempre bom, mesmo com uma baita enchente nos acompanhando.

Mas o negócio não foi brincadeira. Milhares de pessoas desabrigadas, vários mortos, ruas interditadas e pessoas desesperadas.

A natureza não brinca. Nunca.

15 Comments »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. tá punk o negócio aqui mesmo.

    Comment by Giovanna — November 23, 2008 #

  2. :O

    Kct, eu reconheço essa foto de Cambouriú, mas não me lembro daonde exatamente é…

    Comment by Tabgal — November 23, 2008 #

  3. A de Camboriú é na saída, perto do novo Shopping e da Rodoviária.

    Comment by Rodrigo Stulzer — November 23, 2008 #

  4. Não foi brincadeira mesmo…. Ainda estamos ilhados aqui em casa, mas temos que agradecer porque temos certeza que dentro de casa estamos seguros, diferente de milhares de pessoas. è muito triste ligar para os amigos e escutar que perderam tudo, tudo mesmo….

    Comment by Dica — November 23, 2008 #

  5. Mais uma atualização, do pessoal que está no olho do furacão:

    Ivone diz:
    olha sih o que a Malu acaba de me dizer
    Ivone diz:
    malu diz:
    as paredes do shopping estão caindo
    malu diz:
    a das lojas americanas já foi

    Rachel diz:
    do shop grande de blumenau?
    Ivone diz:
    uhum…

    Comment by Rodrigo Stulzer — November 23, 2008 #

  6. taa foda, vim de balneario pra jaragua esse fim de semana, aagora não consigo voltar pra bc, aqui em jaragua tambem ta tudo alagado!

    Comment by repolho — November 23, 2008 #

  7. […] Foto do Stulzer […]

    Pingback by Sobre as enchentes em Santa Catarina — November 25, 2008 #

  8. […] picture above was taken by Rodrigo Stulzer [pt], who happened to be going to Santa Catarina for the weekend and documented the floods. They […]

    Pingback by Global Voices Online » Brazil: Over 80 deaths in the worst environmental tragedy — November 26, 2008 #

  9. […] Na verdade foram três horas a mais. Longas cinco horas de Joinville a Curitiba. Muita bolacha, água, Nerdcast e um bom livro. Dez da noite. Ufa, cheguei.  O Rodrigo Stulzer também estava em Santa Catarina neste final de semana de enchentes, porém ele viu tudo mais de perto e tirou fotos. Confira lá no blog dele!  […]

    Pingback by Ilhado em Joinville « Blog do Aurélio (Verde) — November 27, 2008 #

  10. Isso é um aviso da mãe natureza, coisas piores estão por vim porque nossos semelhantes estão acabando com o mundo… simplismente por GANAÇIA LUXURIA E PODER nossos netos e etc vão pagar um preço muito caro no futuro, por aquilo que deixamos no passado e-mail gigaeliohotmail.com

    Comment by elio marcos acosta — November 28, 2008 #

  11. […] post é para incentivar as pessoas a doarem algo para os desabrigados da enchente em Santa Catarina. Eu doei R$50,00, pela conta do Banco do […]

    Pingback by Doação Enchente Santa Catarina | Empirical Empire — November 28, 2008 #

  12. quero saber como posso ajudar as pessoas de la….
    quero mt poder ajudar, se for necessario eu vou ate la pra ajuda-los…

    Comment by walter — November 29, 2008 #

  13. Rodrigo, fiquei impressionado com seu relato. É a primeira coisa que vejo sobre SC fora dos jornais, e, mesmo sem o sensacionalismo da imprensa, fiquei mais impressionado agora.

    Pior que o colega ali de cima está correto: essas mudanças climáticas malucas só vão piorar, se não tomarmos cuidado.

    Abraço!

    Comment by Esdras — December 3, 2008 #

  14. eu lamento d+++.por todo esse desastre.eu todo dia oro para o meu Deus la de cima quidar de todas essas pesssoas.

    Comment by andressa — December 9, 2008 #

  15. […] • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • O Rodrigo Stulzer também estava em Santa Catarina neste final de semana de enchentes, porém ele viu tudo mais de perto e tirou fotos. Confira lá no blog dele!  […]

    Pingback by Ilhado em Joinville | AURELIO.NET — March 16, 2011 #

Leave a comment

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Powered by WordPress with Pool theme design by Borja Fernandez.
Entries and comments feeds. Valid XHTML and CSS. ^Top^